Bert Hellinger

Quem é Bert Bellinger – conheça o criador da constelação sistêmica

Nasceu em Leimen, na Alemanha, morava em Cologne na ‎Itália, sendo parte de uma família de religião católica. Bert Hellinger ainda criança, fez parte em uma ordem Católica, entretanto, na adolescência se alistou no exército e combateu com os nazistas.

Aos 20 anos, com o fim da guerra, se tornou padre, após, se formou no curso de Teologia e Filosofia na Universidade de Würzburgo em 1951. Foi para a África do Sul, onde atuou como diretor de várias escolas, como o Francis College, em Marianhill.

Bert Hellinger é um autor e terapeuta reconhecido mundialmente, a aplicação do seu trabalho gera frutos e movimentos todos os dias. As Constelações são muito mais do que um método de trabalho: elas são uma postura nova, uma postura de vida.

Bert Hellinger, uma breve biografia:

Bert Hellinger nasceu em 16 de dezembro de 1925, em Leimen, Alemanha, em uma família católica. Com apenas 10 anos foi enviado para a Monastério Católico escolar para estudar e posteriormente, foi ordenado e seguiu para África como missionário.

Em 1942 foi para a guerra, onde acabou prisioneiro na Bélgica, em um campo de concentração. Conseguiu sair e retornou para seu pais de origem, onde entrou na ordem dos Jesuítas o que possibilitou a ida para África para trabalhar como missionário nas tribos Zulus.

No anos 70, Bert Hellinger estudou psicanálise em Viena, completando os estudos dessa vertente em Munique. Aos 70 anos, ainda não havia escrito nenhum livro, somente após o convite de Gunthard Weber, ele gravou uma série de workshops que se tornou seu primeiro livro.

A vida de Bert Hellinger:

Bert Hellinger se casou-se com Marie Sophie, e com ela, realizou cursos, oficinas e seminários em vários países. Este estudioso homem observou, que doenças da mente e da alma são tão comuns no mundo civilizado, como depressão por exemplo.

O contato de forma profunda com a Obra de Bert Hellinger traz transformação e um novo olhar perante a vida. Traz um olhar leve e confiante, o que leva a pessoa a encontrar as próprias fontes de força e felicidade.

Bert Hellinger

Ele tinha muitas ideias, achava que iria servir o povo com todo o conhecimento de uma vida abastada. E a vida lhe presenteou com a riqueza de culturas milenares totalmente diferentes, onde o respeito aos antepassados refletiam um equilíbrio nos relacionamentos.

Esta postura, esta forma de viver, possibilita as pessoas exercitarem com consciência e responsabilidade, o bem querer ao outro. Bert Hellinger tinha certeza que cada um dos integrantes estavam totalmente conectados e eram igualmente importantes.

O que é constelação familiar SISTÊMICA?

Foi no ano de 1990, que Bert Hellinger conheceu Thea Louise Schönfelder e a abordagem da Constelação Familiar. A ideia é reconhecer que o amor atua por trás de todas as atitudes, mesmo que não seja aparente, e também de todos os sintomas de uma pessoa.

A concepção de Bert Hellinger sobre a Constelação Familiar é que o método empírico explica a repetição de comportamentos. Isso se repete nas famílias, e pode ocorrer mesmo de forma inconsciente nas gerações de ciclos familiares.

Acima de tudo para ele, há uma consciência de clã em todos nós, norteada por ordens arcaicas ou ordens do amor. Se baseia nas três leis que, se respeitadas, geram relações harmoniosas e felizes entre os familiares e evoluem para outras relações da vida.

Da mesma forma, se não seguidas, geram problemas e sofrimentos para os membros da família. Bert Hellinger faleceu em 19 de setembro de 2019 aos 93 anos de idade, deixando uma nova visão familiar e vários livros e materiais sobre a constelação familiar.

Leia também: Usando Meditação nas Constelações Familiares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *